Veja também:

 

» Eventos
» Jornal Ibiti



Fique Atento! Escorpião e animais peçonhentos


Notícia publicada em 26/10/2017 - Visualizada 60 vezes


Fique Atento! Escorpião e animais peçonhentos

Por Fábio Duran

 

O verão está chegando e com isso vem também a atenção para evitar problemas com animais peçonhentos. Em meados de outubro uma moradora levou até a administração um pequeno escorpião, já morto, que encontrou em sua casa. Com isso enviamos um ofício à Zoonoses da cidade que respondeu com as orientações de como o morador deve proceder caso encontre animais peçonhentos, inclusive Aedes aegypti.

 

O próprio morador deve registrar a ocorrência pelo telefone 156 ou pelo site www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento. Este site é a porta de entrada para qualquer tipo de reclamação ou solicitação à Prefeitura, no qual gera um número de protocolo para acompanhamento da solicitação.

 

“Chegando a ocorrência para nós, encaminharemos uma equipe até o imóvel para verificar onde está o foco dos animais, se existem fonte de alimento, abrigos, e daremos as orientações necessárias de prevenção e controle de escorpiões, bem como prevenção de acidentes, não somente no imóvel no qual apareceu o escorpião, como nos imóveis vizinhos”, informa Thais Buti, Chefe da Divisão de Zoonoses - Secretaria da Saúde da Prefeitura de Sorocaba.

 

O site do Governo do Estado de São Paulo alerta, em seu site, sobre os procedimentos que não devem ser adotados em caso de ataque de escorpião: “Não se deve apertar o local da picada, nem cortar ou furar na tentativa de extrair o veneno. Ações que, além de não ajudarem, podem levar a complicações”.

 

Em caso de acidente recomenda calma e encaminhamento ao socorro médico mais próximo, se possível levando o animal que causou o acidente. “Somente o médico pode definir o tratamento ou medicamento a ser adotado pela vítima”, alerta a Zoonoses.

 

 

 

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CONTROLE DE ANIMAIS PEÇONHENTOS

(Escorpiões, aranhas, lacraias, serpentes)

 

Áreas comuns, jardins e quintais:

 

  • Manter limpos quintais e jardins, com gramado aparado, sem acúmulo de folhas secas, galhos, restos de construções/reformas, etc., para assim evitar ambientes favoráveis ao abrigo de animais peçonhentos;

 

  • Evitar o acúmulo de entulho. Se algum dia precisar acumular material de construção na unidade (como telhas, madeiras, tijolos, etc) deve-se mover de lugar as pilhas a cada 15 dias para evitar que escorpiões as utilizem como abrigo;

 

  • Inspecionar periodicamente a rede de esgoto e caixa de distribuição de eletricidade; acondicionar corretamente o lixo doméstico; não deixar comida/ração de cães e gatos no período da noite; etc. para assim eliminar fontes de alimento como: baratas, outras aranhas, grilos e outros animais invertebrados;

 

  • Manter um aceiro (faixa sem mato, lixo, etc.) de cerca de dois metros entre os imóveis e terrenos baldios/áreas verdes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Áreas intra-domiciliares:

 

  • Manter limpo alimentos acondicionados em recipientes fechados;

 

  • Acondicionar o lixo doméstico em latas ou tambores fechados e só colocar para fora poucas horas antes da coleta;

 

  • Vedar soleiras de portas com rolos de areia ou rodos de borracha;

 

  • Reparar rodapés soltos e telar janelas;

 

  • Telar ralos (ou colocar ralos do tipo “abre e fecha”);

 

  • Rebocar muros e paredes para que não apresentem vãos e frestas;

 

  • Reparar espelhinhos (proteção) de interruptores de luz e tomadas, bem como não deixar exposto o orifício do teto por onde saem a fiação para as lâmpadas. Os escorpiões se utilizam muitas vezes dos conduítes de fios elétricos (aqueles tubos amarelos por onde os fios passam por dentro da parede) para ter acesso ao imóvel;

 

  • Manter móveis como camas e sofás afastados cerca de um palmo da parede;

 

  • Verificar roupas e sapatos antes de vesti-los e verificar roupa de cama antes de usá-las. Se as crianças precisarem tirar os calçados ou peças de roupas para alguma atividade, verificar os mesmos antes delas vestirem novamente;

 

  • Inspecione diariamente atrás, sobre e sob as camas, sofás, berços, vasos no chão, brinquedos, vaso sanitário e outros objetos no chão. Caso encontre escorpião aplique sobre ele algum inseticida doméstico para matá-lo ou desalojá-lo

Fonte: Secretaria de Saúde de Sorocaba

 

Leia também

Leia também

Leia também

Leia também

Leia também

Ver todas notícias

Banner